20
jan

O Fiat Mobi foi lançado em 2016, inaugurando o segmento de subcompactos, e logo entrou para a lista dos carros mais vendidos do país. O modelo, que é totalmente projetado no Brasil, continua sendo uma das apostas da montadora italiana.

A pedido do site EXAME, a KBB Brasil levantou quais são as versões do Fiat Mobi que mais e menos desvalorizam no segundo ano de uso. As versões de entrada apresentam as menores taxas de desvalorização se comparadas à versão topo de linha.

O Drive 1.0 automático bateu a média de 14,44% a menos do seu valor inicial no segundo ano de uso. Já a versão manual segue como a segunda que mais desvaloriza, perdendo 8,07% de seu valor.

Segundo a KBB, isso mostra que o só câmbio GSR, o antigo Dualogic, já aumenta em 6,37% a desvalorização no mesmo veículo. Confira abaixo a tabela com a comparação entre as taxas de desvalorização das versões do Fiat Mobi.

Veículo/Versão 0km (2019) Modelo 2018 Desvalorização no 2º ano de uso
FIAT MOBI EASY 1.0 8V FLEX R$ 31.449 R$ 29.796 -5,26%
FIAT MOBI LIKE 1.0 8V FLEX R$ 38.095 R$ 35.691 -6,31%
FIAT MOBI WAY 1.0 8V FLEX R$ 39.555 R$ 36.714 -7,18%
FIAT MOBI DRIVE 1.0 6V FLEX R$ 40.691 R$ 37.408 -8,07%
FIAT MOBI DRIVE 1.0 6V GSR FLEX R$ 45.924 R$ 39.291 -14,44%



Tags:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *